4.9.11

AS EXPERIÊNCIAS


Somos o odor do perfume 
que exala das flores,
o suspiro do beija-flor,
o gosto amargo da dor,
Somos a fantasia 
disfarçada de realidade,
Somos poesias que encantam e desencantam
o poeta ao brincar com as palavras,
Somos crianças que desejam crescer,
Somos adultos que não querem envelhecer,
Somos o velho que teima em viver mais, ainda
para relembrar o tempo de quando era criança,
Somos uma pintura que apresenta falta, 
uma falha que singulariza 
e nos torna únicos no mundo.
Somos o ontem, o agora e o amanhã.



6 comentários:

  1. Adorei ;x post interessante!

    ResponderExcluir
  2. Querido Leandro Magalhães,

    Muito obrigado pelo seu reconhecimento, fico feliz que o poema tenha lhe interessado!

    Grande abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo15:14:00

    Nossa esse poema é maravilhoso .. Parabéns !! (=

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pelo reconhecimento seja quem for a pessoa que escreveu, obrigado e grande abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a imagem que usou. Salvador Dali é ótimo. Tem uma pesquisa muito interessante sobre suas pinturas e as psicoses.

    ResponderExcluir
  6. Queria Andreza Crispim.

    Salvador Dali foi maravilhoso, em suas obras sempre ilustrando em particular as psicose. Ele não foi apenas um pintor, foi um artista que sou expressar sobre as telas, de certa forma as crises existenciais do ser humano. Muito obrigado querida Andreza pelo apoio.


    Grande abraço carinhoso.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.

Mais lidos da semana